Andei assistindo: Doctor Who - Planet of the dead & Waters of Mars

Dois episódios especiais com aventuras solo do Décimo Doutor, como se estivessem nos preparando para o fim de sua música. Achei que não fosse curtir muito, ainda mais porque eles possuem uma duração maior do que os outros, mas acabei adorando.

No primeiro, uma espécie de portal é aberto bem no meio de Londres; ele se conecta a um outro planeta, aparentemente vazio e feito de areia. Um ônibus acaba atravessando-o e fica preso nas dunas do grande deserto. Tudo seria feliz se fosse possível para seres humanos usarem o portal sem precisar de proteção, o que não é o caso. Os passageiros tiveram muita sorte em ter o Doutor entre eles.

Achei "Planet of the dead" meio entediante de vez em quando, mas foi bem legal e eu adorei a companheira da vez, Christina de Souza. Ela é exemplar, vive para se arriscar e enfrenta seus problemas muito bem. Não é nem um pouco certinha mas forma uma dupla espetacular com o Doutor, foi quase um crime ela não tê-lo aceitado! Pelo menos o motivo foi compreensível...fiquei tão triste por ele, extremamente solitário mas sem coragem de convidar outros por medo do que pode acontecer a eles.

Enquanto esse episódio foi mais voltado para a aventura, "Waters of Mars" foi meio que um thriller psicológico. Em 2059, um tipo estranho de vírus acabou infectando a água que a primeira estação espacial em Marte utilizava, derretendo uma geleira que havia no planeta. O Doutor chega lá sabendo que todos iriam morrer, pois assim tinha lido num jornal posterior a essa data. Porém, essa tragédia acabou tendo consequências incríveis para o futuro terrestre, então era um ponto do tempo em que ele não poderia interferir.

O David Tennant estava realmente incrível nesse episódio, me impressionei demais. Eu cheguei a ficar com medo dele no final, fazendo o que não devia sabendo que era errado, mas que ia a favor dos seus princípios. E o caso da epidemia me deu muita agonia, histórias assim sempre me deixam apreensiva demais. Elas acontecem e eu tenho absolutamente nenhuma vontade de participar de alguma. As cenas com a água caindo de todos os lados, invadindo os sistemas e a comida, os tripulantes ilhados perdendo totalmente a esperança de voltar para casa, era angustiante demais!

Até questionaram se a história não era assustadora demais para crianças! Eu realmente não sei dizer, talvez nem entendam exatamente o que está acontecendo e o que tem de tão ruim. Eu pelo menos me assusto com algumas coisas que eu assistia quando menor, como "Tom e Jerry". Eu morria de rir sem perceber a gravidade de algumas ações dos personagens e a mensagem de alguns episódios lindos, como aquele em que o Tom morre e tem que fazer algo de bom pelo Jerry para poder ir ao céu... Enfim, "Waters of Mars" é um dos melhores até agora, profundo e perturbador.

Aaaahh, já estou sentindo tanto pelo Décimo! Não quero que ele morra, mas ao mesmo tempo, acho que seria melhor para ele descansar, passou por coisa demais, sofreu demais. A hora dele já chegou mesmo.

Postagens mais visitadas