Andei assistindo: Doctor Who (2005) - Children in need/The christmas invasion

"Did you miss me?
Quando baixei a 1ª temporada, veio junto com os 13 episódios dois extras, que estavam nomeados como especiais. Achei que não fossem muito importantes, então queria deixá-los para outra hora. Porém, como me disseram que eles eram essenciais para a história, decidi assistir de uma vez. Fiz muito bem. Pode ter certeza eles são realmente necessários para ver o resto da série.

"Children in need" começa exatamente no mesmo ponto em que acabou a season finale. Apesar de ter sido engraçado, admito que não gostei desse. Ele é muito curto, não chega a ter 10 minutos de duração. Acho que ele teria funcionado melhor como uma cena do outro especial, que é bem mais longo. E não gostei muito da atuação de Tennant como o novo Doutor, achei-a meio forçada. Mas também foi só nesse, porque em "The christmas invasion" ele foi realmente demais.

Gostei demais desse novo look
do Doctah.
O segundo episódio é quase um filme, com pouco menos de uma hora. Como o nome indica, a Terra é invadida por alienígenas no natal, e está totalmente indefesa. O Doutor está lá, mas inconsciente devido à regeneração recente. Esse foi o único defeito do episódio - ele dormiu demais! Por isso, boa parte da história se arrastou um pouco. Eu adorei-o mesmo assim, ele tem um bom desenvolvimento e a presença de Harriet Jones, personagem da 1ª temporada que eu gostei muito. Mas o melhor de tudo foi que, apesar de termos outro ator principal, o episódio foi totalmente Doctor Who, confirmando, para a minha alegria, que essa mudança só favorece a série.

Ainda sobre Tennant, eu descobri que ele foi Barty Crouch Jr em Harry Potter! Se eu não tivesse visto a filmografia dele, passaria a vida sem saber disso, ele tá muito diferente. Isso só me fez gostar dele ainda mais, pois assim confirmo que ele é realmente um bom ator à altura do personagem. Tão bom que, apesar de eu ainda preferir o Ecclenston, o outro conseguiu me convencer em um só episódio de que ele é mesmo o Doutor, e com um sotaque novo muito bonito.

Enfim, apesar de o primeiro especial não ter me agradado, recomendo muito que os dois sejam assistidos, até porque se não forem, o começo da 2ª temporada vai ficar meio estranha. E, de qualquer jeito, vale a pena ver só pela citação a Torchwood e Mochileiro das galáxias!

Postagens mais visitadas